::::: Prefeitura Municipal de Araguari - 2013/2016 :::::

Oficinas nas escolas ensinam mães a fazer sabão ecológico


15/07/2013

Com o objetivo de proteger o meio ambiente e promover a integração da comunidade escolar, a Prefeitura de Araguari, por meio da Secretaria de Educação, realizou nesta quinta-feira (11), no Centro Educacional Municipal (CEM) Ondina dos Santos Moutinho, a segunda edição da Oficina do Sabão Ecológico. Coordenado pelo Núcleo de Educação Ambiental Gira Sol e apoiado pela Polícia Militar de Meio Ambiente, o projeto é voltado para os pais de alunos e leva em conta o uso de soda cáustica, produto químico altamente corrosivo, que não deve ser manuseado por crianças.

A primeira oficina do sabão ecológico foi realizado no CEM Tenente Coronel Vilagran Cabrita, no Bairro Brasília, durante a semana do meio ambiente. De acordo com a secretária de Educação, Iara Cristina Rodrigues Alves de Faria, além do cunho ecológico focado na preservação da natureza, a ação a e contribuir para o orçamento doméstico. “Quando reutilizamos o óleo de cozinha para fazer o sabão, geramos uma economia familiar que pode ser transformada em fonte de renda. Mais do que isto, estamos preservando o meio ambiente porque cada litro de óleo jogado pelo ralo é suficiente para contaminar cinco mil litros de água”, explicou.

Para a secretária a iniciativa significa também o resgate de uma antiga tradição. “Num passado não muito distante fazia o sabão em casa, como ainda é feito em muitas regiões do país, principalmente nas comunidades rurais. As mães, principalmente, se interessam nesse assunto e a participação delas fortalece a relação da sociedade com a escola”, comentou Iara Faria.

Para este ano estão programadas eco-oficinas de educação ambiental em todas as escolas municipais e creches. A ideia é concluir as oficinas de sabão reciclável até o final do ano e a partir de 2014, iniciar outras atividades como a de papel reciclável e de sacolas feitas a partir de garrafas pet. “O importante é ensinar às pessoas algumas maneiras de reaproveitar, reciclar, adotar práticas novas para preservar o meio ambiente”, firmou Iara Faria.

O instrutor da oficina de sabão ecológico é o cabo Paulo Célio, da Polícia Militar de Meio Ambiente. Ele relata que ensinar às mães é gratificante porque elas são extremamente interessadas no aprendizado. “A sensação é de dever cumprido a cada nova ação que você faz para preservar o meio ambiente porque estamos contribuindo para a preservação da vida”, comenta.

            A próxima oficina será no dia 13 de agosto